Post #42 – Saga, Episódio 5 – Santos x Botafogo

Volto a publicar um tópico sobre a saga “Como um time é rebaixado” aqui no Sinapses de Robson.

Desta vez o resultado pode parecer uma superação de um time desesperado. Mas a verdade é que o Santos jogou mal e só empatou a partida pq Kléber Pereira, com a ajuda do árbitro, fez o segundo gol do Santos impedido. Além disso, o Fogão perdeu várias chances claras de gol durante a partida toda.

Muitos santistas comemoraram o empate, vindo de um resultado de 0-2, mas se tratando de um jogo na Vila Belmiro, contra um time muito mal colocado na tabela de classificação, o resultado é que o empate foi ruim para as duas equipes, mais ainda para o Santos.

O Santos segue o mesmo caminho do Corinthians ano passado. Não tem elenco nem para o time titular, o presidente está perpétuo no cargo e a janela vai levar jogadores embora. Além disso, o time tá mal na tabela e sem dinheiro para reforços. O técnico já foi substituído no campeonato. Resultados ruins em casa também está na mistura do caminho da Série B. Um campeonato paulista de sufoco para a torcida.

Será que vai assim até o final?

Post #41 – Saga – Como um time é rebaixado – Parte 4

Falando agora de dois times tradicionais do futebol brasileiro que estão muito mal. São eles: Santos e Botafogo.

Protagonistas da década de 60, um com Pelé de um lado (Santos) e o outro com Garrincha jogando e bebendo o que podia e não podia, hoje vemos uma situação catastrófica nos dois times.

Pelo lado do Santos, diversas mudanças de técnico no ano, a não-reposição de jogadores e uma das linhas mais fracas de todas as Libertadores que o time jogou, o Santos se iludiu com a presença em um torneio continental de visibilidade mundial, jogou e não convenceu e está perdido em seu comando, já há muitos anos na mão do mesmo presidente Marcelo Teixeira. Podemos ver um novo Dualib ou um Eurico Miranda na figura de Marcelo Teixeira, um presidente perpétuo que administra o clube “da maneira que dá”.

Em 18º na classificação, com uma vitória em 10 jogos, o Santos é um sério candidato ao rebaixamento em 2008. Já está 4 pontos atrás do Sport, primeiro time fora da zona de rebaixamento. Kléber Pereira não faz gols há mais de 50 dias. Chegou a ser cotado para a Seleção Brasileira. Nos últimos 5 jogos, empatou 3 e perdeu 2. Péssimo para o time que foi vice-campeão brasileiro em 2007.

Já o time do Botafogo, depois da saída de Cuca, já dispensou o bizarro Geninho, que não sei como é considerado técnico para algum time da primeira divisão. O Botafogo, que jogava o futebol mais vistoso na opinião de muitos jornalistas esportivos no primeiro semestre do ano, e entrou como um dos favoritos para uma vaga da Libertadores 2009, no mínimo, esqueceu como se joga bola. Com 3 derrotas, 1 empate e apenas 1 vitória nos últimos 5 jogos, e sem técnico, o Botafogo vai a campo tentar subir da 15ª posição na tabela justamente contra o Santos. E fora de casa.

O que esperar de um jogo de futebol desse? Domingo, 16 horas, é sentar na TV e gravar o jogo num DVD com o título Futebol-Terror Vol. 1.

Post #39 – Previsões para a Rodada da Série A

Sábado, 12 de julho
18h20 Fluminense 1×0 Vitória Maracanã Rio de Janeiro
18h20 Goiás 1×1 Coritiba Serra Dourada Goiânia
Domingo, 13 de julho
16h00 Santos 1×2 Botafogo Vila Belmiro Santos
16h00 Atlético-PR 2×1 Internacional Arena da Baixada Curitiba
16h00 Ipatinga-MG 0x1 Figueirense Ipatingão Ipatinga
16h00 Cruzeiro 2×2 Atlético-MG Mineirão Belo Horizonte
16h00 São Paulo 1×2 Palmeiras Morumbi São Paulo
18h10 Grêmio 2×0 Portuguesa Olímpico Monumental Porto Alegre
18h10 Náutico-PE 2×2 Sport Aflitos Recife
18h10 Flamengo 3×1 Vasco Maracanã Rio de Janeiro

Post #31 – Saga, capítulo dois. Sport x Fluminense

Dodô, você é o cara!

Entrou no segundo tempo na vitória por 3-1 diante do São Paulo na Libertadores, fez um gol e ajudou o time a se classificar para uma inédita Semi-Final do torneio continental.

<!– @page { margin: 2cm } P { margin-bottom: 0.21cm } –>

Mas fez lambança no final de semana na Série A do Campeonato Brasileiro.

Dodô, você era o cara?

Como pôde perder um pênalti? Ainda mais naquele momento do jogo, onde um gol traria o empate para casa, já nos acréscimos do segundo tempo contra o Sport. Já havia feito um golaço de falta há poucos instantes, com barreira, defesa e goleiro a postos, muito mais difícil. Bateu um pênalti real muito mal batido. E não vêm me dizer que o Sport é tudo isso e vai concorrer ao título da Série A só por fazer uma boa campanha na Copa do Brasil, pois o Sport está com sorte no momento. Existem times melhores hoje do que ele, e o Flu é melhor, mesmo pensando na Libertadores e no Boca Juniors.

Voltando ao Dodô. Será que todo grande jogador não sabe bater pênalti? E especialmente em momentos decisivos da partida? Dodô é exaltado pela imprensa em geral depois de péssimos momentos no futebol e ele deu a volta por cima.

Mas nesta rodada, vou postar no episódio da Saga que o Fluminense perdeu um ponto e o Sport ganhou mais 2. É claro que esse ponto que o Flu perdeu não vai contabilizar para o nada possível rebaixamento do time hoje, mas quem sabe os 2 a mais que o Sport ganhou farão a diferença para ele lá na frente.

Post #25 – Fase de transição

Final dos campeonatos estaduais, com vitórias de Palmeiras em São Paulo, Flamengo no Rio, Inter no Rio Grande do Sul, Cruzeiro em Minas Gerais, Coritiba no Paraná, além do título Troféu do Interior, que foi parar nas mãos do Grêmio Barueri e outros campeonatos estaduais se definindo.

Mas o melhor do futebol nacional está para começar na semana que vem. O Campeonato Brasileiro vem aí já recheado de clássicos na primeira rodada e o grande mistério a ser revelado terá início: O Corinthians vai subir para a Série A?

Aponto como favoritos ao título da Série A os campeões acima mais o Fluminense e o Santos, embora o Peixe num segundo patamar. Acho que o primeiro terço do campeonato pode definir lá na frente os times que serão rebaixados, ou aqueles que não tem muita chance, de conseguirem uma posição de destaque. Afinal, os 5 times brasileiros que iniciaram a Libertadores seguem jogando o torneio sul-americano, prioridade de TODOS até o final do torneio. A bolada é grande e o prestígio do título Sul-Americano é enorme. Além de tudo isso, tem a vaga no Mundial no final do ano. E outra bolada esperando neste campeonato, mesmo só participando.

Traço o seguinte prognóstico. Conforme os times forem sendo eliminados, suas forças vão se voltar para a disputa do Brasileirão. Pontos serão perdidos neste primeiro terço de campeonato para os participantes da Libertadores. Momento otimo para Atlético-MG, Grêmio, Internacional e especialmente o Palmeiras, já eliminado da Copa do Brasil, abrirem uma vantagem. Além disso, os times entrarão em uma outra fase depois do final da janela de transferência para a Europa, com muitos jogadores indo embora certamente. Não é a toa que Luxemburgo já pediu 5 reforços.

Da metade do ano para frente, os seguinte times jogam a Copa Sulamericana:

São Paulo, Grêmio, Palmeiras, Atlético Mineiro, Botafogo, Vasco, Internacional e Atlético Paranaense.

Lembrando é claro que a Copa Sulamericana já começa com mata-mata de 2 jogos, sendo que uma eliminação precoce em 2 jogos é possível, já que os times brasileiros jogam entre sí.

O raciocínio para quem permanecer na Libertadores até o final também pode ser levado em consideração para quem for avançando na Copa Sulamericana, ou seja, os times que estiverem jogando os dois torneios simultaneamente podem perder pontos preciosos no Campeonato Brasileiro.

Já o Corinthians começa a sua escalada para o retorno de onde jamais deveria ter saído, ou seja, a Série A, com um time competitivo para a Série B. Trazendo mais 4 reforços se torna um dos favoritos ao título. Considero o campeonato da Série B um campeonato duro, com jogos em estádios cheios no Nordeste, gramado ruim muitas vezes, diversos times paulistas que fizeram um bom paulistão e outros times conhecidos de outras localidades com tradição. Além disso, o campeonato tem viagens degastantes e o jogo jogado é diferente da série A, muito mais pegado e muito mais veloz. Subir traz mudanças significativas para os times médios brasileiros. Será um páreo duro para o Corinthians.

Enfim, este é um pequeno panorama do que virá pela frente no futebol nacional. Compre seu ingresso, vá ao estádio apoiar seu time, torça com vontade, mas sempre sem violência.