Vettel e o momento ruim da Red Bull

Saiu na imprensa nesta semana uma análise sobre Sebastian Vettel e o momento da equipe Red Bull de Fórmula 1.

Pela primeira vez em anos, a Red Bull está muito mal. O carro está quebrando toda hora nos testes e até a nanica Caterham conseguiu dar mais voltas.

Muitos entusiastas da Fórmula 1 que torcem o nariz para o alemão estão muito felizes com este momento da equipe austríaca, pois acham que o piloto germânico só ganhou 4 títulos pois a Red Bull era o melhor carro e alegam que ele não é tão bom piloto assim. Justificam que o Alonso é melhor. Não é meu caso. Eu acho que sempre haverá uma procura da melhor equipe pelo melhor piloto, e vice-versa.

Duas sessões de treinos já ocorreram com os carros 2014. Esta semana acontece a última bateria de testes, agora no Oriente Médio. Depois disso, as equipes só vão andar lá na Austrália, na abertura do campeonato de 2014.

Esta semana já é a semana dos últimos ajustes finos, testes de velocidade final e simulações de corrida. Entender o consumo de combustível nesta semana será crucial para não sofrer uma pane seca na Oceania.

Muitos comentaristas falam que um carro bem nascido pode ter bom desempenho ao longo do ano. Vimos isso na Lotus, muito constante pelo que ela prometia, mesmo com os problemas financeiros da equipe. E um carro mal nascido pode jogar uma equipe num buraco para toda a temporada, o que me parece que é o cenário para a Red Bull até o momento.

A curiosidade é grande para ver como Vettel vai se comportar perante a equipe nesta fase. Será que em Setembro vou falar que ele assinou com a Ferrari para fazer dupla com Alonso em 2015? Veremos.

Anúncios

Análises indicam que Massa foi o piloto mais veloz em Jerez

Saiu uma matéria no Globo.com falando a respeito da velocidade em reta e a maior velocidade em curva obtidas nos primeiros treinos da Fórmula 1 em 2014.

E a surpresa veio com Felipe Massa sendo o mais rápido nas duas aferições.

O que achei bacana da história é que aparentemente o carro da Williams foi bem nascido e a combinação com o novo motor Mercedes no lugar do Renault parece ter funcionado.

E sabemos o quanto é importante um carro ser bem nascido em uma temporada de Fórmula 1. Ainda mais numa equipe que não é apoiada por montadora e que o dinheiro é curto e escasso, ou seja, cada euro investido tem um peso maior na importância do seu retorno.

Semana que vem teremos mais testes e acredito que a Red Bull vem melhor, já que teve problemas com o propulsor Renault e andou pouca quilometragem. E certamente vão querer recuperar o terreno.

Treino é treino e jogo é jogo, mas teria Massa acertado de forma surpreendente a equipe para 2014? Veremos como o desenvolvimento do carro irá ocorrer nos treinos até o primeiro GP de 2014.

Audax-SP, Audax-RJ e Red Bull – Parte 1

Estamos no final de Fevereiro e os três times de futebol criados para promover as marcas de seus donos buscam seus objetivos em 2013 de fazer um bom papel nas suas divisões. são eles, o Audax-SP e o Audax-RJ, do grupo dos supermercados Pão de Açucar e expõe a marca Extra em sua camisa, e o Red Bull, de Campinas, empresa do energético “que te dá asas”.

O único que joga a primeira divisão do estadual no momento é o Audax-RJ. Inclusive o time já teve jogo televisionado pela tv a cabo para São Paulo.
Continuar lendo