Calendário do futebol brasileiro

Muitos hoje reclamam do calendario do futebol brasileiro. É um fato que os jogadores por aqui jogam anualmente cerca de 20 jogos a mais que os europeus. Com isso, a possibilidade das lesoes é muito maior e a recuperaçäo física é mais dificil.

Mas alem do fato bizarro do nosso calendario nao seguir o modelo europeu, vemos nas tabelas de jogos o desrepeito ao torcedor e a arrecadacao nos jogos. É unanime que nos jogos no meio de semana as partidas que nao sejam transmitidas pela televisao sejam realizadas as 20h30. É o melhor horário para as pessoas se deslocarem do trabalho e chegar ao estadio, mesmo enfrentando o transito caotico dos grandes centros.

Falei tudo isso para chegar aqui e registrar minha indignacao com a Federacao Paulista de Futebol, que marcou para a quarta rodada o jogo entre Corinthians contra Ponte Preta, no Pacaembu, o horário das 17 horas em plena quarta-feira.  Como posso acreditar que o estadio terá público neste horário famigerado escolhido para abrigar a partida. Geralmente esse é um horario bom para os jogos no final de semana, onde as pessoas estao de folga e podem ir presenciar o jogo. Mas numa quarta? Que infelicidade. E o Estatuto do Torcedor? Quando será que haverá o respeito a ele. O torcedor não é privilegiado nessa questão. E o Corinthians? Como fica su arrecadacao de bilhetes em um jogo como esse? Mesmo com o programa Fiel Torcedor, teremos certamente vendas dos ingressos apenas para os torcedores cumprirem a cota da Libertadores. Ou talvez nem isso. Penso tambem nos radialistas que farão a transmissão do jogo na hora de descrever o público no estádio.

Situacao triste, que prejudica a todos os envolvidos no espetáculo e que parece que a Federação Paulista de Futebol realiza apenas para aparecer. E aparecer da maneira mais infame.

Anúncios

Post #40 – Previsões para a rodada da Série B

Sexta-feira, 11 de julho
20h30 Ponte Preta 0x2 Grêmio Barueri Moisés Lucarelli Campinas
20h30 Marília 1×2 São Caetano Abreuzão Marília
20h30 CRB 0x2 Brasiliense-DF Rei Pelé Maceió
20h30 Vila Nova-GO 2×1 Bahia Serra Dourada Goiânia
Sábado, 12 de julho
16h10 Gama 1×1 Bragantino Mané Garrincha Brasília
16h10 Santo André 1×3 Corinthians Bruno José Daniel Santo André
16h10 Ceará 2×2 Fortaleza Castelão Fortaleza
16h10 Paraná Clube 1×1 Juventude Durival de Britto e Silva Curitiba
16h10 Criciúma 0x1 Avaí Heriberto Hulse Criciúma
20h30 ABC 1×1 América-RN Frasqueirão Natal

Post #22 – Luxemburgo fica ou vai embora?

Técnico do Palmeiras

Começam as especulações na mídia internet que o técnico Vanderley Luxemburgo poderá ser convidado a se retirar do Palmeiras caso venha ser derrotado no jogo contra a Ponte Preta ocasionando a perda do título do time do Parque Antártica.

Seria um golpe muito duro para a diretoria do Palmeiras, afinal, a eliminação precoce da Copa do Brasil pelo placar de 4-1 para o Sport, um time que não estava cotado no torneio. E a Libertadores 2009 com a eliminação está mais difícil.

Vanderley Luxemburgo é um técnico que custa muito caro, montou o time como quis, contou mais uma vez com um time com o bolso cheio de dinheiro e não trazer o título paulista contra um adversário mais fraco e com um resultado desfavorável creio que são bons argumentos para um reinício no Palmeiras, mesmo com o time sendo considerado hoje uma das equipes que vem apresentando jogando melhor no Brasil.

Post #11 – Falam do Corinthians……. mas e os outros da segundona? (Parte 2)

Continuando com o post #9, retomo a idéia sobre os times paulistas que jogaram o Campeonato Paulista e estarão fazendo parte da Série B do Campeonato Brasileiro. Vamos falar de Marília, Ponte Preta e São Caetano. O Santo André fica de fora, já que não jogou o Campeonato Paulista da Série A-1.  

1) Marília: Com uma campanha de 24 pontos em 19 jogos, o MAC, como também é conhecido, ficou na 14a. (Dëcima Quarta) posição na tabela, com 7 vitórias, 1 empate e 11 derrotas. Para um time que já bateu na trave para subir para a primeira divisão do Campeonato Brasileiro, esta é uma posição que deixa muito a desejar numa progressão para a disputa da Série B. Será difícil até permanecer na série B para a disputa de 2009 se algo não for feito. Na Copa São Paulo, o time perdeu os 3 jogos, assim, sua base jovem não é boa para ser utilizada no Campeonato Brasileiro. Seu resultado de maior destaque no Campeonato Paulista foi a vitória por 3×2 sobre o São Paulo, mas o MAC perdeu jogos para times inferiores na tabela, como São Caetano, Guarani e Sertãozinho.

2) Ponte Preta: Em estado de graça, a Ponte Preta retorna ao top-4 do Campeonato Paulista, já que se classificou em quarto lugar para a disputa das semi-finais. A Ponte, que nunca ganhou um título paulista, tem a chance de chegar a final contra um adversário que fez uma campanha surpreendente, mas que tem muito menos camisa que a Ponte Preta, que é o Guaratinguetá. Na hora do mata-mata, isso pode pesar a favor da Ponte. Sua campanha de 19 jogos foi a seguinte: 10 vitórias, 5 empates e 4 derrotas. Coloco a Ponte Preta como uma das equipes a disputar uma vaga ao acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro caso não venha perder muitos jogadores. O seu ataque terminou a fase de classificação como sendo o melhor, com 36 gols marcados, ao lado do Palmeiras.

3) São Caetano:  Já está longe dos áureos tempos de vice-campeão da taça João Havelange (Campeonato Brasileiro liderado pelos clubes que o Vasco foi o campeão) e resultados expressivos que colocavam o São Caetano como um time perigoso de se enfrentar, especialmente nos seus domínios. A equipe escapou do rebaixamento com apenas 3 pontos a mais do primeiro rebaixado (Juventus, com 17 pontos) e encerrou sua campanha em Décimo Quinto lugar. Com 5 vitórias, 5 empates e 9 derrotas, o time brigará para não cair para a série C do Campeonato Brasileiro.  Foi goleado por 3×0 em casa pelo rebaixado Juventus, e também por 6×1, em casa, pelo Grêmio Barueri, resultados muito parcos para um time que foi considerado recentemente o segundo time dos torcedores paulistanos.